Blog

Em Um Bairro de Nova York (2021)

Nos EUA esse filme está sendo saudado como um dia de sol após quase ano e meio de reclusão, sombras e mortes provocadas por todo mundo sabe o quê. O momento lá é outro. Com a vacinação em massa, as pessoas nem estão mais usando máscara, mas aqui… com todas as decisões, tensões, uso deContinuar lendo

Cine Marrocos (2018)

Esse belíssimo documentário de Ricardo Calil foi finalizado em 2018, mas só conseguiu circuito para estrear no Brasil na última semana. É um dos maiores filmes do cinema nacional dos últimos anos. Calil, que nos deu os ótimos “Narciso em Férias”, “Uma Noite em 67” e que venceu o último É Tudo Verdade, com “OsContinuar lendo

Druk – Mais Uma Rodada

Tá aí um filme que desperta a vontade de ser visto e revisto já no dia seguinte. Druk – Mais Uma Rodada tem o espírito de armação entre amigos, no instante que se encontram, desprendidos de qualquer pudor, numa mesa de bar e falando sobre tudo, afinal nada é pequeno para uma conversa entre verdadeiros amigos.Continuar lendo

O Preço do Triunfo

Nybyggarna (1972) Nem só de Bergman vive a Suécia. No começo da década de 70, o cineasta Jan Troell dirigiu um épico monumental chamado Os Emigrantes, baseado em quatro romances de Vilhelm Moberg, que é um dos maiores filmes da história do cinema. Troell dividiu o filme em duas partes, sendo que a segunda, oContinuar lendo

Relatos do Mundo

News of the World (2020) Hoje para ficar ligado nas novidades dos jornais, se é que a gente pode usar essa palavra tão antiquada (jornal), basta usar um aplicativo de celular e você tem uma seleção completa de notícias. Mas se você morasse no Texas em 1870, bastava pagar dez centavos para Tom Hanks selecionarContinuar lendo

Anatomia de um Crime

Anatomy of a Murder (1959) Produzido e dirigido por Otto Preminger, esse filme baseado em um romance escrito por um juiz da Suprema Corte de Michigan, é um dos maiores de todos os tempos. O juiz do filme é ninguém menos que Joseph Welch, um advogado, que se opôs a Joseph McCarthy nas audiências doContinuar lendo

Nashville (1975)

Há 46 anos, o cineasta norte-americano Robert Altman ofereceu uma visão corrosiva dos EUA centrada na capital da música country. Nashville é um conto de desordem e negação que parece relevante hoje até para o nosso orgulhoso Brasil. Para entender o significado deste filme caótico, é necessário entender antes de tudo o que representa a cidadeContinuar lendo

Mank é uma volta arqueológica a Hollywood dos anos 40

É bem fácil de menosprezar Mank, o novo filme de David Fincher, afirmando que a obra é antiquada, cerimoniosa, pouco relevante, que não chega nem aos pés do filme que pretende homenagear, Cidadão Kane, nem ao seu criador, Orson Welles. Mas eu adoro refutar esse tipo de adjetivação apressada, superficial  e lacradora dos espertinhos daContinuar lendo

O Cinema de David Fincher em reexame

Ainda não vi Mank, o filme que muita gente vem dizendo que vai dar o Oscar a David Fincher, mas conheço muito bem a filmografia do cineasta. Não gosto de tudo que ele fez, mas o sujeito tem personalidade e em seus filmes há inquietações que pedem mais que duas, três palavras. A galeria de personagensContinuar lendo

Carregando…

Ocorreu um erro. Atualize a página e/ou tente novamente.


Siga meu blog

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.